terça-feira, 28 de junho de 2011

Em discurso na Alerj, Myrian Rios associa homossexualidade a pedofilia, Um discurso da ex-atriz e deputada estadual Myrian Rios (PDT) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro tem causado polêmica. Em vídeo, postado no YouTube na última sexta-feira (24), Myrian afirma querer ter o direito de demitir uma babá lésbica, pois ela poderia tentar abusar de suas filhas.[...] A atriz continua com os exemplos. "Se eu contrato um motorista homossexual, e ele tentar, de uma maneira ou outra, bolinar meu filho, eu não posso demiti-lo. Eu quero a lei para demitir, sim, para mostrar que minha orientação sexual é outra", afirmou.
Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/em-discurso-na-alerj--myrian-rios-associa-homossexualidade-a-pedofilia.html

abaixo segue o vídeo com o discurso da deputada.

Depoimento em vídeo

"Olá Deputada,
Peço que tenha a dignidade de ler esta carta.
dirijo-me a você como homem do povo, povo que você diz representar e povo que lhe sustenta, que lhe dá as devidas condições de pagar um motorista e uma babá para seus filhos. Como deve supor venho aqui para lhe falar sobre o seu discurso na ALERJ.
Realmente fiquei impressionado, nunca antes eu havia visto um discurso com tantas frases ignorantes de uma vez só (perdoe minha franqueza é apenas oque sinto neste momento).
Se você supõe que a PEC vai inocentar pedófilos é no mínimo porque não conhece o código penal brasileiro que diz que manter relações sexuais com menores de 14 anos é estupro, independente do sexo, ou orientação sexual do estuprador (aliás, pedofilia não é opção sexual e sim um distúrbio mental, reconhecido pela OMS, você sabe oque é OMS? é organização mundial de saúde). No seu discurso você demonstra ter o mínimo conhecimento possível a cerca do tema, orientação sexual ou do código penal brasileiro ou até mesmo da constituição, oque é um caso grave em se falando de uma representante do povo. Deputada, vivemos em uma democracia e você tem o direito de rejeitar oque bem entender, mas lembre-se minha cara, a igreja que você se orgulha em dizer ser representante, tem milhares de denúncias de dezenas de milhares de menores que foram abusados sexualmente por padres, talvez fosse mais coerente comparar a pedofilia aos padres que aos homossexuais, mas claro, não vamos generalizar, nem todos os padres são pedófilos e como podemos concluir isso? Com a simples associação de que índole é uma questão pessoal onde orientação sexual tem muito pouca importância, lembremos mais uma vez que pedofilia é uma doença. Acho que vale salientar também que mais de 80% dos pedófilos são heterossexuais. E acho que para uma pessoa inteligente fica bem fácil perceber com o seu discurso por que essa PEC precisa ser aprovada. Se uma deputada, representante do povo, que tem a devida obrigação de ter pelo menos conhecimentos básicos sobre antropologia, ciências sociais e questões ligadas a mentalidade e costumes do seu povo, confunde orientação sexual com um distúrbio mental e ainda alega que demitiria uma babá lésbica com medo de que ela abusasse sexualmente de sua filha pelo simples (que para você pode não ser tão simples) fato dela ter uma orientação sexual diferente da sua, ou mais, confunde uma emenda constitucional que tem como objetivo diminuir o preconceito com essas pessoas que muitas vezes tem que depender da prostituição para não roubarem ou se tornarem criminosos por não conseguirem emprego, com uma lei que fala de estupro e abuso sexual de menores. Deputada se você está lutando pelo direito de diminuir e criminalizar pessoas por sua orientação sexual você é uma péssima representante do povo, se luta por esse direito e não pensa em estender a mão ao seu próximo independente dos costumes dele, você é uma péssima cristã. Não entendeu a constituição e tão pouco a mensagem de Jesus. Orgulha-se em aderir a uma religião que matou, massacrou milhões de pessoas e roubou seus bens, pois muitas das joias do Vaticano pertenceram um dia a homossexuais que a igreja queimou por serem homossexuais e tomou os seus bens.Talvez devamos aceitar o pedido de perdão de João Paulo II, mas se católicos continuam agindo desta forma é sinal que os católicos sentem falta dos calores de suas fogueiras. Entristece-me ver pessoas lutando pelo direito de não respeitar, de não compreender, de não aceitar as diferenças alheias. Entristece-me ver que é uma representante do povo quem faz isso, uma representante do Homem que mais falou de amor, perdão, compreensão, que serviu água para uma prostituta sem se preocupar em ser difamado, que dizem ter morrido pela humanidade.
Que vergonha, que discurso sem fundamentos lógicos. Que tristeza. Talvez você esteja neste momento, se é que leu até o fim, pensando que eu preciso aceitar este cristo para lhe entender, que você é a dona da razão, que a sua religião tem a verdade, em resposta eu lhe digo: Se os livros sagrados da sua religião não lhe ensinam a amar, respeitar e tratar todo e qualquer individuo igualmente, sem restrições ou concepções a frente de sua sociabilidade, nada, eu repito NADA, do que dizem estas escrituras pode ser considerado útil ou benéfico para a humanidade ou para qualquer indivíduo. Deputada pense bem se você está no lugar certo, leia mais sobre a história da humanidade, sua formação, procure a origem epistemológica daquilo que diz defender e daquilo que julga ser errado. Com o coração partido de ver como a falta de respeito às diferenças humanas é tão apoiada nos mais diferentes níveis da sociedade Lhe sou grato de ter lido esta mensagem, se é que a leu e lhe peço mais uma vez (agora objetivamente) pense bem no sentido de “respeito” e “representar o povo”.
Atenciosamente,
Robson Madredeus Carvalho
Poeta, trabalhador, estudante e homem do povo."


PS: no site da Deputada foi postada uma nota em resposta a vergonha de seu discurso, entrem, leiam e percebam a falta de coerência mesmo no pedido de desculpas: "não sou preconceituosa e não discrimino" afirma ela... rsrs
http://www.myrianrios.com.br/index.php?action=noticias&ver=126

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Banda Jovem na "parada"

Olá galera do CAIC,
abrimos mãos das nossa férias por alguns instantes pra divulgar o trabalho de uma galera que ta botando o pé na estrada e lançado música pra garotada ouvir. Eu to falando da galera do CENA 1, uma banda de som juvenil e que ta gravando seus vídeoclips na cara e na coragem e lançando pelo mundo da internet. O clipe em quetão é "Tempo pra pensar" que em pouco mais de dois meses já teve quase 2.ooo (dois mil) acessos no youtube e a campanha é a seguinte "O Caldeirão deve olhar para esta banda?", a campanha deles está no site olhaminhabandadepoprock.com.br onde eles tem um perfil e estão conrrendo atraz dessa oportunidade para participarem do programa do Caldeirão do Huck da Rede Globo e concorrerem a oportunidade de gravarem o seu primeiro albúm... Então a coisa funciona da seguinte maneira, antes do Luciano huck, você tem que olhar a banda e com simpples click dizer se eles merecem ou não ser vistos...

Então aqui está o Conecão Jovem aposta na banda e entra na campanha, clique no link e participe também
http://www.8p.com.br/olhaminhabandadepoprock/bandacena1/perfil

sábado, 29 de agosto de 2009

Boas dicas para os Estudantes!

Todo adolescente já sonhou em ser popular no colégio, mas a maioria não consegue. Aqui estão algumas dicas de como ser popular.

Como ser Popular?

• Tenha seu estilo, as vezes estar na moda não significa ser estiloso, tenha um estilo próprio e procure não forçar muito.

• Para ser popular você não precisa ser puxa saco, se comporte com naturalidade e o principal seja humilde que as amizades vem naturalmente.

• Ser muito bom em algo pode ajudar muito na sua popularidade, não importa no que seja, assim mostra que você não é uma pessoa fútil e que pensa em algo mais além de roupas de marca.

• Quando um professor estiver conversando com a classe sobre algum assunto, converse com ele. Não seja aquele retardado(a) que sempre fala: Nossa, velho lerdo.

• Ajude seus colegas. Não seja um trouxa que faz o trabalho para todos copiarem, mas quando um colega fizer uma pergunta para tirar uma dúvida, ajude-o se possível.

Comportamento

• Não invente mentiras nem conte histórias furadas para seus colegas, pois um dia sua máscara vai cair e você não passará do pinóquio da turma. Se você não tem nada para contar é melhor só ouvir, ser mentiroso nunca te levará a lugar algum.

• Não seja bobo alegre, aquele que conta piadas de todas situações ou zoa com todos, isso mostrará apenas seu lado infantil.

• Não seja o retardado que sempre grita com voz de mulher no meio da aula.

• Não converse sobre coisas bobas como Dragon Ball, Naruto, etc. Puxe assuntos interessantes com seus colegas.

Na Internet

• A internet pode ser a seu favor ou fazer mal, ter centenas de amigos ou milhares de recados no orkut. Não vai te deixar popular.

• Não seja aquele chato de msn que fica forçando papo com mensagens: oi como foi seu dia? quais são as novis?. Isso só piora as coisas, seja natural, se o assunto acabar não force, acabou, acabou e ponto final.

Ser popular não quer dizer que as pessoas gostem de você. Ter 10 amigos verdadeiros é melhor que 100 falsos.


Encontrei vasculhando o Insônia.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Pérolas do ENEM.

video

Todas essas respostas foram realmente colocadas em provas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), parece piada, de fato é muito engraçado, mas estes jovens são o futuro de nosso país, que esta brincadeira sirva de exemplo. Cuidado podem estar rindo de você após o próximo ENEM.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

video

domingo, 12 de julho de 2009

Charges

As peripércias de Seu Bigode




As preparações do rio para as olimpiadas e as peripércias de Seu Bigode

Os desenhos a seguir foram escolhidos

numa votação feita pela professora Sheila de história. Ela pediu que fossem feitos desenhos baseados no filme tróia, o tema era, Odisseu e a guerra de tróia.

1° lugar


Diego da Silva Gomes (turma 703)

2° lugar



Andressa Fernandes (turma 703)

terça-feira, 30 de junho de 2009

Escala de ph ou pê agá do latim Phudeus Homis (homem f...(eio))

Desespero e ódio entre os estudantes, a Escala de pH ou Pê Agá é um tipo de medida invetada por alguns psicopatas cientistas para saber se uma substância é ácida, básica, molhada, complicada ou neutra. Foi plagiada criada por acaso na Austrália por um aluno dinamarquês com instrumentos americanos e matéria-prima brasileira para ser usada na Escócia e medir a propriedade de um determinado líquido. Atualmente sabe-se que essa medida era interessada ao escoceses, pois um uísque com pH básico é pior do que um uísque com pH neutro ou ácido.
Tudo começou quando faltavam uns minutos para o intervalo entre as aulas nessa universidade australiana. O estudante estava na aula de química mexendo com líquidos e repentinamente bateu uma fome. Com pressa, pegou o lanche e derrubou o repolho roxo no líquido (meio ácido). Após a explosão ocorrida, reparou que o líquido mudava de cor. Quando foi escovar os dentes, percebeu que a cor dos restos do indicador, que ficou nos dentes (ele comeu o lanche mesmo depois que o mesmo tinha caído no líquido), mudava novamente (meio básico).
E como tinha certo domínio em ácido e base, concluiu que tinha algo relacionado entre o lanche, a pasta de dentes, a cor e toda aquelas coisas. Convidou mais alguns colegas para fazerem troca-troca estudar o ocorrido e chegaram na Escala de pH.

A Escala de pH
A medida do pH é dividida em cerca de 14 (quatorze) unidades arbitrárias, correspondendo ao pH 0 (zero) uma solução concentrada de ácido altamente corrosivo (ácido sulfúrico, ácido clorídrico), o pH 7 a uma solução neutra de água a 25°C e o pH 14 a uma solução concentrada de uma base altamente corrosiva (Hidróxido de sódio, Hidróxido de potássio). Os valores correspondentes aproximados de outras substâncias importantes (ou não) estão no quadro lá em baixo

Indicadores ácido-base
Indicadores ácido-base são outros métodos de calcular se uma coisa é ácida ou básica. Pode ser qualquer coisa, contanto que você saiba usar. Abaixo uma lista de objetos, como funciona e como calcular.

Repolho Roxo
O Repolho é um dos melhores indicadores pois funciona na maioria das vezes. O Roxo em contato com outras substâncias muda de cor. Isso mesmo! Muda de cor. Não só serve com líquidos mas também com sólidos e até gasosos.
Se você pegar um repolho que seja roxo e jogar em um ácido, o repolho vai sumir mudar de cor. De roxo ficará vermelho. Agora se jogar em uma base, ficará verde. Se você o jogar na água, ficará roxo. Jogando o repolho no chefe, ficará vermelho e depois a coisa ficará preta. Experimente também jogar em outras pessoas substâncias.

Dedo
Isso mesmo que você leu. O dedo funciona como um indicador ácido-base. Foi descoberta por um funcionário de uma universidade a propriedade indicadora do dedo. Esse funcionário havia deixado um copo de pinga51 perto de outros três copos: Um de água, um com uma base e outro com um ácido. Esse companheiro não sabia qual era qual pois todos líquidos eram transparentes e pareciam água, porém estava louco para se embebedar. Tomada a coragem, colocou o dedo no primeiro copo. Esperou um pouco e tirou o dedo. Notou que não acontecia nada e deduziu que era a água.
Pôs o dedo no copo seguinte e percebeu que sentia o dedo diferente. Deduziu que era a base. Colocou o dedo no terceiro copo e o sentiu fervendo. Colocou o dedo no último copo e quando tirou, ficou sem dedo. Deduzindo que o terceiro era o ácido, pegou o último copo e virou em um só gole.

Fenolftaleína
Esse indicador é racista, já que só muda de cor perante bases. Nos ácidos ele fica incolor como água, de forma que não presta pra nada. Mas quando é jogano numa base, sai do armário assume uma cor rosa bem carácterística, o que prova a capacidade das bases de dar elétrons com gosto.

Tornassol
Apesar do nome esquisito, não é um remédio (não confundir com Tylenol). Esse indicador é o verdadeiro vira-casaca, já que muda de cor quando cai num ácido e troca de novo quando cai numa base. O tornassol muda para a cor vermelha quando está em meio ácido e muda para azul quando está em meio básico, o que prova as tentativas de disfarce desse indicador para não ser corroído atacado pela substância, no entanto, em vão.

Seguem a baixo alguns valores de PH, clique na imagem e veja de perto.



Fonte;http://desciclo.pedia.ws/wiki/Escala_de_pH

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Coisas que Aprendi


Coisas que pessoas com idades entre 5 e 92 anos aprenderam ao longo de suas vidas...

- Aprendi que peixinhos dourados não gostam de gelatina. (5 anos)
- Aprendi que meu pai pode dizer um monte de palavras que eu não posso. (8 anos)
- Aprendi que minha professora sempre me chama quando eu não sei a resposta. (9 anos)
- Aprendi que se pode estar apaixonado por 4 garotas ao mesmo tempo. (9 anos)
- Aprendi que os meus melhores amigos são os que sempre me metem em confusão. (11 anos)
- Aprendi que se tenho problemas na escola, tenho mais ainda em casa. (11 anos)
- Aprendi que quando meu quarto fica do jeito que quero, minha mãe manda eu arrumá-lo. (13 anos)
- Aprendi que não se deve descarregar suas frustrações no seu irmão menor, porque seu pai tem frustrações maiores e mão mais pesada. (15 anos)
- Aprendi que os grandes problemas sempre começam pequenos. (20 anos)
- Aprendi que nunca devo elogiar a comida de minha mãe quando estou comendo alguma coisa que minha mulher preparou. (25 anos)
- Aprendi que se pode fazer num instante algo que vai lhe dar dor de cabeça a vida toda. (28 anos)
- Aprendi que para todo o lugar que vou, os piores motoristas me seguem. (29 anos)
- Aprendi que casais que não tem filhos, sabem melhor como você deve educar os seus. (29 anos)
- Aprendi que é mais fácil fazer amigo do que se livrar dele. (30 anos)
- Aprendi que mulheres gostam de ganhar flores, especialmente sem nenhum motivo. (33 anos)
- Aprendi que não cometo muitos erros com a boca fechada. (34 anos)
- Aprendi que existem duas coisas essenciais para um casamento feliz: contas bancárias e banheiros separados. (36 anos)
- Aprendi que se quiser ser convidado a festas, tenho que dá-las. (38 anos)
- Aprendi que toda a vez que estou viajando gostaria de estar em casa e toda vez que estou em casa gostaria de estar viajando. (38 anos)
- Aprendi que a época que preciso realmente de férias é justamente quando acabei de voltar delas. (38 anos)
- Aprendi que nunca se conhece bem os amigos até que se tire férias com eles. (41 anos)
- Aprendi que se você está levando uma vida sem fracassos, você não está correndo riscos o suficiente. (42 anos)
- Aprendi que casar por dinheiro é a maneira mais difícil de conseguí-lo. (42 anos)
- Aprendi que você pode fazer alguém ganhar o dia simplesmente mandando-lhe um pequeno cartão. (44 anos)
- Aprendi que a qualidade de serviço de um hotel é diretamente proporcional a espessura das toalhas. (46 anos)
- Aprendi que crianças e avós são aliados naturais. (47 anos)
- Aprendi que se você cuidar bem de seus empregados, eles cuidarão bem e seus clientes. (49 anos)
- Aprendi que quando chego atrasado ao trabalho, meu patrão chega cedo. (51 anos)
- Aprendi que o objeto mais importante de um escritório é a lata de lixo. (54 anos)
- Aprendi que é impossível tirar férias sem engordar cinco quilos. (55 anos)
- Aprendi que é legal curtir o sucesso, mas não se deve acreditar muito nele. (63 anos)
- Aprendi que não posso mudar o que passou, mas posso deixar pra lá. (63 anos)
- Aprendi que a maioria das coisas com que me preocupo, nunca acontecem. (64 anos)
- Aprendi que todas as pessoas que dizem que “dinheiro não é tudo” geralmente tem muito. (66 anos)
- Aprendi que se você espera se aposentar para começar a viver, esperou tempo demais. (67 anos)
- Aprendi que nunca você deve ir para cama sem resolver uma briga. (71 anos)
- Aprendi que quando as coisas vão mal, eu não tenho que ir com elas. (72 anos)
- Aprendi que envelhecer é importante se você é um queijo. (76 anos)
- Aprendi que te amei menos do que deveria. (91 anos)
- Aprendi que tenho muito a aprender. (92 anos)